Adeus flacidez -conheça o ácido poli-L-lático

Você tem colágeno em seu corpo desde o dia em que nasceu, no entanto com a chegada de uma certa idade, o suprimento de colágeno que era produzido de forma natural pelo seu organismo, começa a entrar em decadência.

Uma vez que o nosso suprimento de colágeno diminui, a nossa pele tende apresentar três aspectos de sinais de envelhecimento que chamam bastante atenção são eles: flacidez, rugas e linhas de expressões.

E é neste estágio, que normalmente recorremos a cremes, dermocosméticos, lasers, toxina botulínica, peelings, preenchimentos, todo tipo de tratamento para retardar e até combater os sinais do envelhecimento.

No entanto, recentemente o mercado ganhou mais um aliado para desacelerar os aspectos de velhice da pele, e o melhor é que de maneira orgânica, graças ao uso do ácido poli-L-lático.

O que é o ácido poli-L-lático?

Diferente, dos preenchedores de colágeno tradicionais como o ácido hialurônico, o ácido poli-L-lático, também conhecido como Sculptra, consegue estimular de forma natural a produção endógena de colágeno, proteína de sustentação fundamental para a firmeza e jovialidade da pele.

Optando por realizar um tratamento com o ácido poli-L-lático, ele lhe proporcionara resultados extremamente naturais, além de conseguir amenizar a perda de gordura e de substância óssea.

O Sculptra, vem sido muito indicado e utilizado em pessoas que estão em busca em repor volume, amenizar rugas ou sulcos, que desejam melhorar o aspecto da pele e combater a flacidez facial.

As vantagens do ácido poli-L-lático, não pararam por aí, pois ele ainda consegue rejuvenescer áreas como pescoço, colo e ainda atuar na recuperação da elasticidade da pele do corpo, em regiões que são classificadas como “difíceis” que são as partes internas do braço, abdômen e glúteos. Isto graças ao seu poder de conseguir estimular o aumento do colágeno destas regiões, cujo é um componente fundamental para saúde da pele.

Quanto tempo para ver resultados?

Os benefícios que o ácido poli-L-lático proporcionam são inúmeros, no entanto o seu tratamento não é recomendando a pacientes que esperam que o seu efeito seja rápido na melhora dos aspectos do envelhecimento.

O tratamento com o Sculptra, é indicado a pessoas que querem rejuvenescer porém sem mudanças abruptas, pois os ganhos com a utilização do ácido poli-L-látrico acontece de forma gradual, com o estímulo lento e progressivo á neocolagênese, por isso seu resultado é tão natural porém surpreendente.

Quanto tempo dura o tratamento?

O tratamento pode ser realizado em qualquer época do ano. No entanto a recomendação é que seja realizado a partir dos 30 anos, em homens e mulheres, de acordo com a necessidade.

A duração do tratamento com o Sculptra pode chegar a 2 anos, vai depender muito de cada caso e desejo do paciente. Já o resultado começa a surgir entre 6 a 8 semanas após a primeira aplicação.

No entanto são necessárias cerca de pelo o menos três sessões – número que claro varia de acordo com a resposta do organismo de cada paciente – com intervalos de 30 a 45 dias para ganhos com durabilidade de 25 meses.

Quem não pode usar o ácido poli-L-lático?

Grávidas ou pacientes com doenças autoimunes descontroladas, deve evitar o uso do ácido poli-L-lático.

Pessoas que já fizeram uso de preenchedores classificados como permanentes, também não devem fazer uso.

Possivéis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns após o tratamento inicial incluem inchaço no local da injeção, sensibilidade, vermelhidão, dor, hematomas, sangramento, coceira e caroços. Outros efeitos colaterais podem incluir pequenos nódulos sob a pele que às vezes são perceptíveis ao pressionar a área tratada. 

Deixe uma resposta